Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/339814
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 9-Fev-2009
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PETRERE, V. G.
RIBEIRO, P. R. de A.
BASSOI, L. H.
CUNHA, T. J. F.
SILVA, M. S. L. da
Informaçães Adicionais: Vanderlise Giongo Petrere, Embrapa semi - àrido; Paula Rose de Almeida Ribeiro, Embrapa Semi - árido; Luís Henrique Bassoi, Embrapa Semi - árido; TONY JARBAS FERREIRA CUNHA, CPATSA; MARIA SONIA LOPES DA SILVA, CNPS.
Título: Distribuição do sistema radicular de espécies vegetais cultivadas na entrelinha de Mangueiras.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e Conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. (Embrapa Solos. Documentos, 101).
Páginas: 4 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: resistência à penetração
comprimento do sistema radicular
Conteúdo: A exploração agrícola contínua e intensiva dos solos do Semi-Árido brasileiro, com os cultivos irrigados, tem levado a sua degradação e, conseqüentemente, ameaçado a qualidade e a sustentabilidade do agronegócio da manga na região. Propondo práticas culturais para o manejo de solo, desenvolveu-se um estudo com espécies vegetais, semeadas na entrelinha da mangueira, com o objetivo de verificar a capacidade de adição de massa seca, desenvolvimento do sistema radicular e diminuição da resistência à penetração. O experimento foi conduzido no Campo Experimental de Bebedouro, da Embrapa Semi-Árido, em Petrolina - PE. Foram utilizadas onze espécies entre leguminosas e não leguminosas, semeadas no sistema de coquetéis vegetais em diferentes composições e proporções que constituíram cinco tratamentos. O delineamento foi em blocos completos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições. Foram avaliadas fitomassa fresca e seca, distribuição do sistema radicular e a resistência à penetração. O coquetel vegetal composto somente por leguminosas, produziu a menor quantidade de fitomassa fresca e seca. Os coquetéis vegetais compostos por maiores quantidades de não leguminosas (gramíneas e oleaginosas) foram mais eficientes em reduzir a resistência à penetração, e apresentaram os maiores comprimento e área do sistema radicular.
Ano de Publicação: 2008
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
trab1654226.pdf90,05 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace