Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/48712
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 26-Dez-2008
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MOURA, W. C.
SIQUEIRA, F.
TORRES JUNIOR, R. A. de A.
REGITANO, L. C. de A.
ALENCAR, M. M. de
SILVA, L. O. C. da
FEIJÓ, G. L. D.
CARVALHO, T. D.
MACHADO, C. O. F.
Informaçães Adicionais: Wolney C. Moura, CNPGC; FABIANE SIQUEIRA, CNPGC; ROBERTO AUGUSTO DE A TORRES JUNIOR, CNPGC; LUCIANA CORREIA DE ALMEIDA REGITANO, CPPSE; MAURICIO MELLO DE ALENCAR, CPPSE; LUIZ OTAVIO CAMPOS DA SILVA, CNPGC; Geraldo L. D. Feijó, CNPGC; T. D. Carvalho CNPGC; C. O. T. Carvalho, UFMGS.
Título: Análise das freqüências alélicas e genotípicas do polimorfismo LEP/Kpn2I em bovinos de corte.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GENÉTICA, 54., 2008, Salvador. Resumos... Salvador: SBG, 2008
Páginas: p. 229
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Bovinos
Melhoramento genético
Seleção assistida por marcadores
Leptina
Freqüências alélicas
Conteúdo: Embora seja o maior exportador de carne bovina no mundo, o Brasil não detém o maior faturamento, já que não exporta para os mercados de maior valor agregado, pois, além das questões sanitárias a carne brasileira não é considerada de boa qualidade. A maciez da carne, o grau de marmoreio, a cobertura de gordura da carcaça e a área do músculo Longissimus dorsi são fatores relevantes na procura por qualidade e padronização. Em razão das várias raças disponíveis, diversas estratégias podem ser usadas no sentido de adequar tipo de animal e ambiente para aumentar a produtividade e melhorar a qualidade da carne. Uma delas é a utilização de cruzamentos Bos taurus e Bos indicus, resultando em animais produtores de carne de boa qualidade em ambientes tropicais, como conseqüência da heterose, da complementaridade e do efeito aditivo das raças. Com o rápido avanço dos estudos de fisiologia e de genômica, alguns dos fatores moleculares envolvidos na fisiologia dessas características se tornaram conhecidos e, a partir disso, marcadores moleculares puderam ser identificados. Até o momento, vários genes foram identificados como possíveis responsáveis pela qualidade de carcaça e de carne em bovinos, como os genes: DGAT1, FABP3, GH1, LEP, TG, CAST e CAPN. A proteína leptina, codificada pelo gene LEP, está associada com diversas características de interesse econômico, como capacidade de ingestão alimentar, produção de leite e deposição de gordura na carcaça. Dados da literatura mostram que uma transição C/T (arginina/cisteína) localizada no éxon 2 está estreitamente relacionada com deposição de gordura na carcaça. Neste trabalho, foram avaliadas as diferenças de freqüências alélicas e genotípicas do polimorfismo LEP/Kpn2I entre raças taurinas adaptadas (Bonsmara, Caracu e Senepol) e delas com a raça Nelore (zebuína) e Angus (taurina não adaptada) em 124 touros escolhidos em centrais de inseminação e com o menor grau de parentesco possível. A genotipagem foi realizada por PCR-RFLP e as freqüências alélicas e genotípicas foram comparadas utilizando o teste de Qui-quadrado. O alelo favorável para deposição de gordura foi designado de T e o alelo desfavorável de C. As freqüências alélicas variaram entre as raças, sendo que dos 26 touros Nelore avaliados apenas dois apresentaram o alelo T (3,9%). Esse alelo também está presente nas raças taurinas adaptadas (Bonsmara 58,0%, Caracu 62,0%, Senepol 43,5%), assim como na raça Angus (62,0%). Dessa forma, esse marcador poderá ser viável na seleção de animais taurinos, adaptados ou não, já que a freqüência de média a alta observada na população em estudo permite que esse teste seja aplicado, desde que confirmada a associação desse alelo com a característica. Essas informações poderão contribuir para o melhoramento genético de bovinos de corte e para a seleção de animais com potencial para produção de carne de maior qualidade.
Ano de Publicação: 2008
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
18165.pdf658,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace