Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/513453
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Informática Agropecuária - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2009
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: COELHO FILHO, M. A. C.
CRUZ, J. L.
COELHO, E. F.
MARTINS, T. S.
MARIN, F. R.
Additional Information: MAURICIO ANTONIO COELHO FILHO, CNPMF; JAILSON LOPES CRUZ, CNPMF; EUGENIO FERREIRA COELHO, CNPMF; TIBERIO SANTOS MARTINS, CNPMF; FABIO RICARDO MARIN, CNPTIA.
Title: Aptidão agroclimática do estado da Bahia para o cultivo do mamoeiro.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 16, 2009, Belo Horizonte. Anais... Viçosa, MG: UFV; Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2009.
Pages: Não paginado.
Language: pt_BR
Notes: CBA 2009.
Keywords: Papaya
Zoneamento
Aptidão climática do Estado da Bahia
Temperatura média
Temperatura média máxima
Umidade relativa do ar
Déficit hídrico.
Description: O presente trabalho teve como objetivo determinar a aptidão climática do Estado da Bahia para o cultivo do mamoeiro. Foram utilizadas as variáveis climatológicas temperatura média (Tm), temperatura média máxima (Tx), a umidade relativa do ar (UR) e o déficit hídrico anual acumulado (DEF) como parâmetros para definir as zonas de aptidão. Locais com Tm abaixo de 18oC foram consideradas inaptas ao cultivo do mamoeiro, entre 18oC e 21oC como aptidão moderada, acima de 21oC como aptidão elevada e Tx > 31oC consideradas limitantes para o cultivo de mamoeiro do Grupo solo. UR abaixo de 60% foi considerada inapta para o cultivo. Localidades apresentando valores acumulados de DEF superiores a 150 mm foram consideradas inaptas ao cultivo sem irrigação e moderada para DEF entre 75 e 150 mm. A deficiência hídrica foi a variável mais limitante para produção de mamoeiro em condições de sequeiro (90% da área), sendo que, nas regiões cujo o regime hídrico foi moderado (4%) não houve restrição térmica ou de umidade do ar. Apenas 14% do território apresentam limitações térmicas máximas para o mamoeiro do grupo solo, sendo que para UR foi de 4,5 %. Com relação ao limite térmico inferior, não houve áreas significativas com insuficiência térmica (Tm<18oC), porém 4,5 % da área apresentou moderada aptidão (18 oC< Tm<20oC) associadas à elevada altitude das localidades.
Thesagro: Agricultura
Balanço Hídrico
Mamão.
Data Created: 2009-10-08
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPTIA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
415.pdf415,14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace