Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/578130
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2009
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: LUI, J. F.
SILVA, P. V. C. da
BAND, G. de O.
REGITANO, L. C. de A.
GROSSI, S. de F.
ALVES, D. N. M.
Additional Information: JEFFREY FREDERICO LUI, UNESP/JABOTICABAL; PAULA VIANA CORREA da SILVA, UNESP/JABOTICABAL; GUILHERME DE OLIVEIRA BAND, UNESP/JABOTICABAL; LUCIANA CORREIA DE ALMEIDA REGITANO, CPPSE; SELMA DE FÁTIMA GROSSI, INSTIT. MOURA LACERDA, RIBERIÃO PRETO,SP; DAVI NOGUEIRA MACIEL ALVES, UNESP/JABOTICABAL.
Title: Variabilidade genética entre javalis (sus scrofa scrofa), híbridos e suínos por meio de marcadores microssatélites.
Publisher: In: REUNIÓN BIENAL ALPA, 21., 2009, San Juan. Producción animal em tiempos de crisis: anales... San Juan: ALPA, 2009.
Language: pt_BR
Keywords: Fragmentos amplificação
Javalis.
Description: Os híbridos entre javalis e suínos é bastante comum. Assim, tem-se detectado polimorfismo em javalis, variando o número de cromossomos de 36 a 38. No experimento foram utilizados os animais agrupados em 5 grupos genéticos: grupo I - 59 suínos domésticos com 2n = 38; grupo II - 46 javalis puros de origem (PO) com 2n = 36; grupo III - 6 híbridos, com 2n=36; grupo IV - 30 híbridos com 2n=37 e grupo V - 10 híbridos com 2n=38. O DNA genômico foi extraído e, posteriormente, amplificou-se, pela técnica de PCR, os fragmentos desses microssatélites - IGF1, ACTG2, TNFB -, os quais foram desenvolvidos para a subespécie Sus scrofa domestica. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a heterozigosidade esperada (He) e observada (Ho) e o coeficiente de endogamia (FIS) dentro de cada população e testar as relações existentes entre os cinco grupos genéticos para estabelecer a distância genética entre eles. Os valores médios de heterozigosidades variaram 0,537-0,7871 e apresentam-se inferiores aos valores médios de heterozigosidades esperadas (0,6749-0,8279).Os valores de FIS para os Grupos II e III foram negativos, -0,005 e -0,037 respectivamente nestas populações. Nos demais grupos os valores de FIS foram positivos.
Thesagro: Genética molecular.
Data Created: 2009-12-16
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROCILCAR2009.00149.pdf141,37 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace