Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/865155
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Informática Agropecuária - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 26-Out-2010
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: LUCIANO, A. C. dos
ABDON, M. de M.
SILVA, J. dos S. V. da
Informaçães Adicionais: ANA CLÁUDIA DOS SANTOS LUCIANO, Bolsista CNPq, Estagiária CNPTIA; MYRIAN DE MOURA ABDON, Sociedade de Especialistas Latino-americanos em Sensoriamento Remoto (SELPER); JOAO DOS SANTOS VILA DA SILVA, CNPTIA.
Título: Classificação de níveis de degradação de pastagem no município de Rio Negro, MS.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 3., 2010, Cáceres, MT. Anais... Campinas: Embrapa Informática Agropecuária; São José dos Campos: INPE, 2010.
Páginas: p. 681-699.
Idioma: pt_BR
Notas: Geopantanal 2010.
Palavras-chave: Cbers
Fusão de imagens
Classificação de pastagem
Degradação de pastagens
Pasture degradation.
Image fusion
Pasture classification
Conteúdo: As técnicas de sensoriamento remoto aplicadas a imagens de satélite, tem se mostrado eficientes para caracterização e monitoramento ambiental, principalmente para identificação de alvos com pequenas diferenças nas respostas espectrais. Neste contexto, para o mapeamento de diferentes níveis de degradação de pastagens são necessárias as técnicas de sensoriamento remoto associadas a levantamentos de campo. Este trabalho tem por objetivo classificar pastagens com diferentes níveis de degradação no município de Rio Negro, no Estado de Mato Grosso do Sul, utilizando fusão de imagens dos sensores CCD e HRC do satélite CBERS-2B. O mapeamento foi feito por classificação Bhattacharya, por regiões, subsidiada por segmentação e imagem raster gerada por classificador Maxver. O resultado consiste em um mapa temático de níveis de pastagens degradadas na escala 1:50.000. A alta resolução obtida da fusão de imagens e a classificação supervisionada colaboraram para melhor identificação dos diferentes níveis de degradação de pastagens. A pastagem de nível 3, que possui baixo vigor, baixa qualidade e baixa população, associado com a presença de invasoras e/ou cupins, foi a mais observada na região estudada, correspondendo a 28% da área total do município.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPTIA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
p232.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace