Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/867752
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: OLIVEIRA, L. E. V.
CAVALCANTE, A. C. R.
CUTRIM JÚNIOR, J. A. A.
SANTOS, P. M.
SILVA, G. L.
VASCONCELOS, E. C. G.
Additional Information: LUIZA ELVIRA VIEIRA OLIVEIRA, UEVA/SOBRAL; ANA CLARA RODRIGUES CAVALCANTE, CNPC; JOSÉ ANTONIO ALVES CUTRIM JÚNIOR, PDIZ/UFC/UFPB/UFRPE; PATRICIA MENEZES SANTOS, CPPSE; GUTENBERG LIRA SILVA, UEVA/ ARACÚ, CE; ELAYNE CRISTINA GADELHA VASCONCELOS, UEVA/ARACÚ, CE.
Title: Características morfogênicas do capim Tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia) submetido a diferentes graus de intensificação do manejo de pastagem no Nordeste brasileiro.
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA ZOOTECNIA, 47., 2010, Salvador. Empreendorismo e progresso científicos na zootecnia brasileira de vanguarda - anais. Salvador: SBZ: UFBA, 2010.
Language: pt_BR
Keywords: Filocrono
Taxa de alongamento de colmos
Taxa de alongamento foliar
Taxa de aparecimento de folhas
Taxa de senescência
Description: Este experimento foi conduzido para avaliar os efeitos de diferentes intensidades de manejo da pastagem sobre características morfogênicas de capim-tanzânia. Os tratamentos impostos ao pasto foram os manejos: intensivo (resíduo pós-pastejo de 30cm e adubação com 600 kg N/ha ano), moderado (resíduo pós-pastejo de 45cm, adubação 300 kg N/ha ano), leve (resíduo pós-pastejo 45cm sem adubação) e extensivo (resíduo pós-pastejo 30cm sem adubação). As características estudadas foram: filocrono, taxa de aparecimento de folhas, taxa de alongamento de folhas, taxa de alongamento de colmo e taxa de senescência. Todas as variáveis foram afetadas por tratamento. As taxas de aparecimento e alongamento de folhas e o alongamento de colmo foram maiores nos tratamentos que receberam adubação nitrogenada. Por outro lado a taxa de senescência foi mais alta no manejo extensivo. Provavelmente este efeito foi determinado pelo mais longo período de descanso (extensivo). Em geral a intensificação foi boa para a maioria das características morfogênicas, significando condição adequada para a produção de forragem.
Data Created: 2010-11-23
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
5155.pdf58,04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace