Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/880180
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 4-Mar-2011
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SOUZA FILHO, A. P. da S.
CUNHA, R. L.
VASCONCELOS, M. A. M. de.
Informaçães Adicionais: ANTONIO PEDRO DA SILVA SOUZA FILHO, CPATU; ROBERTO LISBOA CUNHA, CPATU; MARCUS ARTHUR MARCAL DE VASCONCELOS, CPATU.
Título: Efeito inibitório do óleo de Azadirachta indica A. Juss. sobre plantas daninhas.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Revista de Ciências Agrárias, Belém, PA, n. 52, p. 79-86, jul./dez. 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Alelopatia
Amargosa
Nim
Germinação
Conteúdo: Este trabalho tem por objetivo caracterizar a atividade inibitória do óleo de Nim (Azadirachta indica A. Juss.) e analisar, comparativamente, seus efeitos. O óleo obtido foi preparado em concentrações de 0,5, 1,0, 1,5 e 3,0%, tendo como eluente o éter metílico, e testados sobre a germinação de sementes, desenvolvimento da radícula e do hipocótilo das plantas daninhas de área de pastagens cultivadas, malícia (Mimosa pudica) e mata-pasto (Senna obtusifolia). O óleo da espécie estudada evidenciou atividade inibitória em intensidades que variaram em função da concentração do óleo, da planta receptora e do fator da planta analisado. O efeito promovido sobre a germinação de sementes e o desenvolvimento do hipocótilo indicou tendência linear, enquanto para o desenvolvimento da radícula observou-se tendência quadrática. A germinação das sementes e desenvolvimento da radícula foram os fatores mais intensamente inibidos pelo óleo. As intensidades das inibições estiveram positivamente associadas à concentração, com inibições máximas verificadas a 3,0%. Comparativamente, mata pasto foi a espécie receptora mais sensível aos efeitos do óleo de Nim, notadamente em relação à germinação de sementes e desenvolvimento de hipocótilo quando, nessa ordem, diferenças de até 52 e 80% foram registradas.
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EfeitoInibitorioOleo.pdf195,68 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace