Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/881002
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pantanal - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 16-Mar-2011
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: ANJOS, M. H. G. dos
AMANCIO, C. O. da G.
AMÂNCIO, R.
COSTA, K. P. C.
ARRUDA, P.
DONATTI, M. A.
Informaçães Adicionais: MARCOS HENRIQUE GARCIA DOS ANJOS., UFMS; CRISTHIANE OLIVEIRA DA G AMANCIO, CNPAB; ROBSON AMÂNCIO., UFRJ; KELLY PATRÍCIA CARNEIRO COSTA., UFMS; PRICILA ARRUDA.; MARIA APARECIDA DONATTI, ONG VIDA PANTANEIRA.
Título: Análise comparativa dos perfis socioeconômicos dos pescadores artesanais da zona rural e do perímetro urbano de Porto Murtinho, MS.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: SIMPÓSIO SOBRE RECURSOS NATURAIS E SOCIOECONÔMICOS DO PANTANAL, 5., 2010, Corumbá, MS. Anais... Corumbá: Embrapa Pantanal: UFMS; Campinas: ICS do Brasil, 2010. 1 CD-ROM SIMPAN 2010.
Páginas: Não paginado
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Pescadores
Perfil socioeconômico
Fisherman
Pantanal and Socio-economic Profile.
Conteúdo: O objetivo desta pesquisa foi traçar o perfil socioeconômico dos pescadores artesanais do Município de Porto Murtinho/MS, localizam-se em duas comunidades distintas, uma na própria cidade e a outra na região da Cachoeira do Apa. Foram entrevistadas 35 famílias, que abarcam um total de 198 pessoas envolvidas direta e indiretamente com a pesca. Em ambas as comunidades encontraram-se pescadores nascidos na região e na própria localidade, 72,7% e 66,1% referentes à zona rural e a zona urbana respectivamente. Grande parte destes pescadores tem o primeiro grau incompleto. A moradia típica é de alvenaria ou madeira, sendo a casa de madeira menos comum no perímetro urbano. Na comunidade rural, apenas 36% tem acesso a água tratada, ao passo que na zona urbana 95% são atendidos pela Sanesul. O perfil de renda das famílias mostra um rendimento um pouco maior para os pescadores da zona urbana, apesar disso, a pesca aparece como uma alternativa de renda para 61% das famílias da área urbana. Grande parte da venda do peixe destina-se aos turistas, 53% zona rural e 43% da cidade; apesar disso, quando perguntados sobre os problemas da região, a sujeira dos turistas e os problemas decorrentes do fluxo de pessoas tem destaque importante. Além disso, os problemas enfrentados pelas comunidades diferenciam-se justamente nas questões relativas às condições de vida, pois apesar dos que moram na cidade terem uma quantidade maior de recursos, ainda sim enfrenta uma gama maior de problemas.
Thesagro: Pesca Artesanal.
NAL Thesaurus: Pantanal
artisanal fishing.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAP)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
007RE.pdf81,62 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace