Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/883151
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: SARAIVA, N. Z.
Title: Citoplastos receptores produzidos por diferentes técnicas de enucleação na transferência nuclear em bovinos.
Publisher: Tese (Doutoradao em Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal.
Pages: p. 133
Language: pt_BR
Notes: Sob co-orientação Dra. Simone Cristina Méo Niciura.
Keywords: Democolcina
Enucleação química
Description: Uma das etapas mais críticas do procedimento de transferência nuclear (TN) é a remoção da cromatina do oócito para a produção de citoplastos. O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de diferentes ambientes citoplasmáticos obtidos a partir de três técnicas de enucleação (convencional, assistida quimicamente e induzida quimicamente) sobre o remodelamento nuclear e desenvolvimento embrionário, avaliando-se o perfil de expressão dos genes XIST, G6PD e HSPA1A em embriões bovinos. Para isso, quatro experimentos foram delineados. No primeiro experimento, verificou-se que o processo de enucleação pode ser iniciado a partir de 1,0 h de tratamento com demecolcina nas duas técnicas de enucleação química. A dinâmica nuclear e de microtúbulos de oócitos ativados tratados com demecolcina foi avaliada em um segundo experimento, e oócitos tratados apresentaram redução da densidade dos microtúbulos, porém, essas estruturas não desapareceram completamente na maioria dos oócitos. No experimento III, a demecolcina não apresentou efeitos significativos na atividade do fator promotor de maturação (MPF) e da proteína cinase ativada por mitógeno (MAPK) quando utilizada na concentração 0,05μg/mL. No último experimento, a demecolcina não prejudicou o desenvolvimento embrionário e também não alterou o perfil de expressão dos genes XIST, G6PD e HSPA1A em embriões reconstituídos com células embrionárias; porém, quando foram avaliados os níveis de transcritos desses genes em embriões reconstituídos com células somáticas, observou-se maior expressão relativa do XIST e do G6PD em embriões oriundos da técnica de enucleação assistida quimicamente em comparação aos embriões produzidos pela técnica convencional. Portanto, conclui-se que a enucleação química não altera a reprogramação nuclear nem o desenvolvimento embrionário quando são utilizadas células doadoras embrionárias no procedimento de TN. Ainda, a técnica de enucleação assistida quimicamente promove incrementos na expressão dos genes XIST e G6PD quando são utilizadas células somáticas, mostrando que o uso da demecolcina é uma importante ferramenta no procedimento de transferência nuclear.
Thesagro: Bovino
Clonagem
Data Created: 2011-03-28
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2445.pdf8,07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace