Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/883756
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroenergia - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: RODRIGUES, C. M.
Additional Information: CLENILSON MARTINS RODRIGUES, CNPAE.
Title: Caracterização quali e quantitativa de metabólitos secundários em extratos vegetais.
Publisher: 2007.
Pages: 197 f.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Química, Araraquara, SP.
Keywords: Produtos naturais
Plantas medicinais
Estudo químico
Técnicas hifenadas
Description: Este trabalho trata da caracterização química de espécies de plantas brasileiras usadas no tratamento de disfunções gástricas. Nossa proposta envolve a investigação de extratos orgânicos polares e infusões por técnicas analíticas. Extração em fase sólida (SPE) e/ou extração líquido-líquido (LLE) foram utilizadas na etapa de clean-up para que açúcares livres e oligômeros de proantocianidinas fossem separados da matriz vegetal bruta. As amostras pré-tratadas foram então analisadas por cromatografia líquida de alta eficiência (HLPC) acoplada com detector de arranjo de fotodiodos (PAD) ou por espectrometria de massas em tandem acoplado a um ion trap com interface de ionização por electrospray, usando o modo de inserção direta da amostra (FIA-ESI-IT-MS). Esta estratégia permitiu conhecer os metabólitos secundários de plantas pertencentes às famílias Dilleniaceae (Davilla elliptica e D. nitida: flavonóides, catequinas, isoprenóides e ácidos fenólicos), Apocynaceae (Hancornia speciosa: catequinas, ácidos fenólicos, procianidinas e oligômeros de procianidinas C-glucosiladas) e Malpighiaceae (Byrsonima basiloba, B. coccolobifolia, B. crassa, B. fagifolia e B. intermedia: flavonóides, biflavonóides, ácidos fenólicos, oligômeros de proantocianidinas e ácidos galoilquínicos). A determinação quantitativa dos principais metabólitos secundários também foi realizada, permitindo então a completa caracterização da composição química dos extratos de plantas. Assim, nossa proposta levou a uma caracterização química rápida e eficiente de espécies de plantas brasileiras usadas na medicina popular como antiúlcera. Estes resultados são úteis para um melhor entendimento das atividades farmacológicas das espécies de plantas acima mencionadas.
Data Created: 2011-03-29
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPAE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESEClenilsonMRodrigues1.pdf2,31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace