Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/930033
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2012
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: OLIVEIRA, P. P. A.
PEZZOPANE, J. R. M.
BERNARDI, A. C. de C.
ESTEVES, S. N.
SOUZA, G. B. de
CAMPANA, M.
Additional Information: PATRICIA PERONDI ANCHAO OLIVEIRA, CPPSE; JOSE RICARDO MACEDO PEZZOPANE, CPPSE; ALBERTO CARLOS DE CAMPOS BERNARDI, CPPSE; SERGIO NOVITA ESTEVES, CPPSE; GILBERTO BATISTA DE SOUZA, CPPSE; MARIANA CAMPANA, BOLSISTA CNPQ UFCar/SÃO CARLOS, SP.
Title: Avaliação do resíduo Amiorgan® como fonte de fertilizante nitrogenado alternativa para pastagens. Valor nutritivo da forragem.
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 49., Brasília, DF. A produção animal no mundo em transformação: Anais. Brasília: SBZ, 2012.
Language: pt_BR
Keywords: AmiorganR.
Description: O fornecimento de nitrogênio para pastagens está diretamente relacionado com maior produção de massa e teor total de proteína bruta. A indústria do glutamato monossódico gera alguns subprodutos que podem ser usados como fonte de N, um deles, o Amiorgan®. O objetivo desse trabalho foi avaliar o uso de Amiorgan®, como fonte de fertilizante nitrogenado alternativa em pastagens de capim- piatã. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro repetições Os tratamentos avaliados foram combinações de três doses de N (200, 400 e 600 kg ha-1 ano-1 de N) e três fontes de fertilizantes (uréia, sulfato de amônio + uréia, Amiorgan® + uréia,) e um tratamento testemunha adicional que recebeu todos os nutrientes exceto N. Os teores de proteína bruta, nitrogênio e nitrogênio não proteico foram maiores nos tratamentos que receberam fertilização nitrogenada em relação à testemunha. Dentro da mesma dose de fertilizante nitrogenado não houve diferença entre as fontes de fertilizantes para teor de N e de proteína bruta. Não houve influência dos tratamentos sobre a digestiblidade ?in vitro? da matéria seca e para os teores de fibra detergente ácido. Os teores de fibra em detergente neutro foram menores para a forragem dos tratamentos Amiorgan® + uréia e sulfato de amônio + uréia na dose de 600 kg ha-1 do que para a forragem do tratamento testemunha. O fertilizante Amiorgan®, um resíduo da indústria do glutamato monosódico, proporciona produção de forragem de boa qualidade e é recomendando para a fertilização de pastagens.
Thesagro: Digestibilidade
Fibra
Nitrogênio
Proteína
Qualidade.
Data Created: 2012-07-31
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROCI2012.00091.pdf719,23 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace