Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/971564
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 19-Nov-2013
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: CARVALHO, A. V.
BECKMAN, J. C.
MACIEL, R. de AL.
FARIAS NETO, J. T. de.
Informaçães Adicionais: ANA VANIA CARVALHO, CPATU; JACQUELINE CHAVES BECKMAN, GRADUANDA UFPA; RENAN DE ALMEIDA MACIEL, MESTRANDO UFPA; JOAO TOME DE FARIAS NETO, CPATU.
Título: Características físicas e químicas de frutos de pupunheira no estado do Pará.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 35, n. 3, p. 763-768, set. 2013.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Pupunha
Bactris gasipaes
Caracterização físico-química
Carotenoides
Conteúdo: O objetivo deste estudo foi caracterizar física e físico-quimicamente frutos de 21 matrizes de pupunheira (Bactris gasipaes Kunth), visando a obter subsídios que permitam avançar com o programa de melhoramento genético, em especial para características da polpa do fruto. Os frutos provenientes de diferentes genótipos foram caracterizados quanto à dimensão dos frutos e caroço, umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, fibras e carotenoides totais. Os resultados obtidos para as diferentes variáveis analisadas demonstraram diferenças entre os frutos obtidos de diferentes genótipos. A análise de proteínas apresentou valores que variaram de 4,20 a 6,79%, com destaque para a matriz B04-P20, que apresentou o maior valor. Para lipídeos, os teores variaram bastante, com valores entre 8,25 e 40,83%, destacando-se a matriz B02-P30 com o maior teor de lipídeos. Os teores de carotenoides totais das matrizes de pupunheira variaram de 8,02 a 124,90µg/g, com destaque para as matrizes B02-P30 (124,90µg/g) e B05-P45 (123,04µg/g), indicando que a pupunha pode contribuir de maneira importante na ingestão de antioxidantes na dieta. De maneira geral, as análises físicas e físico-químicas dos frutos mostraram diferenças significativas entre as matrizes para os caracteres estudados, evidenciando ser um conjunto geneticamente promissor para a prática da seleção
Ano de Publicação: 2013
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ArtigoPublicadopupunha.PDF256,79 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace