Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/971838
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Informática Agropecuária - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 21-Nov-2013
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: CASTRO, A. de
OLIVEIRA, K. R. de
ROSA, R. Z.
SILVA, F. C. da
FREIRE, F. J.
Informaçães Adicionais: ALEXANDRE DE CASTRO, CNPTIA; KLEBSON R. DE OLIVEIRA, Colaborador CNPTIA; ROMEU Z. ROSA, Colaborador CNPTIA; FÁBIO CÉSAR DA SILVA, CNPTIA; FERNANDO J. FREIRE, UFRPE.
Título: Modelos computacionais empregados na dinâmica da estimativa da biomassa da cana-de-açúcar.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROINFORMÁTICA, 9., 2013, Cuiabá. Agroinformática: inovação para a sustentabilidade do agronegócio brasileiro: anais. Cuiabá: Universidade Federal de Mato Grosso, 2013.
Páginas: Não paginado.
Idioma: pt_BR
Notas: SBIAgro 2013.
Palavras-chave: Modelos computacionais
Biomassa da cana-de-açúcar
Conteúdo: RESUMO. A utilização de modelos fundamentados em bases estatísticas para previsão de safras, se apresentam como uma opção de grande interesse. No entanto, a dificuldade de se obter uma boa representatividade da evolução da cultura durante todo seu ciclo de desenvolvimento, faz com que estudos para o aperfeiçoamento dos modelos para simulação sejam necessários. Nesse contexto foi desenvolvido pela Universidade de Washington, o simulador freeware CropSyst: uma ferramenta conceitualmente simples fundamentada em dinâmicas determinístico-estocásticas, que permite auxiliar o estudo do gerenciamento de sistemas de cultivo. A coleta de informações experimentais é uma etapa fundamental para a modelagem do sistema. A partir das informações climáticas, da análise do solo, do sistema de manejo, e da evolução da biomassa vegetal durante o ciclo reprodutivo da cultura serão gerados os parâmetros de interesse para a área em análise. Posterior à etapa de inserção dos dados experimentais, dá-se início ao processo de simulação. A calibração das curvas e geração dos parâmetros é realizada na janela funcional Crop Calibration, interface utilizada para o processamento das informações. No presente trabalho utilizou-se a variedade de cana-de-açúcar CB 41-76 sendo possível a construção das curvas de biomassa e índice de área foliar (IAF) para diferentes anos de plantio, e assim, compará-las às curvas obtidas pela calibração do programa. A temperatura base para desenvolvimento da cultura foi estabelecida em 18°C, sendo a mesma mencionada em trabalhos desenvolvidos por [Barbieri et al , 2010]. Temperatura limite para desenvolvimento esta fixa em 34oC, como também prevista em trabalhos desenvolvidos por [Tatsch et al, 2009]. De acordo com os dados de ajuste do programa para a safra 2010/2011 obteve-se área específica de 10,18 m2.kg-1. O Coeficiente de particionamento de 3,18 adm, assim como foram obtidos parâmetros de calibração de biomassa de 49.807,1 kg.ha-1 para a parte calibrada e de 53.093,0 kg.ha-1 encontrados de modo experimental. Na literatura (Pinto et al, 2006) encontrou 13,48 m2.kg -1 para a área específica. O modelo de simulação CropSyst apresentou-se adequado, uma vez que os resultados obtidos para a variedade de cana-de-açúcar em estudo são semelhantes ao disponível na literatura.
NAL Thesaurus: Models
Biomass
Sugarcane
Ano de Publicação: 2013
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPTIA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
118063.pdf61,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace