Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/256006
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2009
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: FREITAS, A. R. de
FERREIRA, R. de P.
MOREIRA, A.
RODRIGUES, A. de A.
Additional Information: ALFREDO RIBEIRO DE FREITAS, CPPSE; REINALDO DE PAULA FERREIRA, CPPSE; ADONIS MOREIRA, CPPSE; ARMANDO DE ANDRADE RODRIGUES, CPPSE.
Title: Análises estatísticas de dados de cortes sucessivos de alfafa: modelo linear pardrão ou modelo linear misto?
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 46., 2009, Maringá. Anais... Maringá: SBZ: UEL, 2009.
Language: pt_BR
Keywords: ARMA Procedimento
MIXED
Produção de matéria seca
Description: Dados de produção de matéria seca (PMS) de 20 Cortes mensais de 92 cultivares de alfafa (Medicago sativa L.), obtidos de um experimento em blocos casualizados realizado na Embrapa Pecuária Sudeste, São Carlos, SP, de 2004 a 2006, foram analisados considerando-se Cortes como medidas repetidas. O objetivo foi escolher a estrutura mais adequada da matriz de variância e covariância (R) dos erros dentro de Cortes e decidir o procedimento mais adequado para análise: GLM ou MIXED do SAS. A estrutura de R escolhida foi a Autoregressiva de Primeira Ordem de Média Móvel - ARMA(I,I), com três parâmetros estimados: autoregressivo (p= 0,9402), variância residual (0'2 =76385) e componente de média móvel (y= 0,6642). Considerando-se essa estrutura obteve significância para o efeito de cultivares (p=O,O 151); Corte (p<0,000 I) e interação cultivares x corte (p<0,0003); a segunda opção foi a Autoregressiva de Primeira Ordem - AR(I) com parâmetros p e 0'2. Conclui-se que o procedimento MIXED é mais eficiente que o GLM para analisar dados de PMS obtidos de cortes mensais de alfafa.
Data Created: 2009-07-27
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PROCIARF2009.00046.pdf233,61 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace