Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1028836
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Nov-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SOUZA, C. S. de
FLORES, P. S.
RUFINO, C. P. B.
OLIVEIRA, I. C. de
SOUZA, J. M. L. de
MACIEL, V. T.
Informaçães Adicionais: Clemeson Silva de Souza, Uninorte; PATRICIA SILVA FLORES, CPAF-AC; Conceição Paula Bandeira Rufino; Ivanir Cardoso de Oliveira; JOANA MARIA LEITE DE SOUZA, CPAF-AC; VLAYRTON TOME MACIEL, CPAF-AC.
Título: Avaliação de características sensoriais de genótipos de mandioca de mesa com polpa amarela no estado do Acre.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MANDIOCA, 16.; CONGRESSO LATINO-AMERICANO E CARIBENHO DE MANDIOCA, 2015, Foz do Iguaçu. Integração: segurança alimentar e geração de renda: anais. Foz do Iguaçu: SBM, 2015.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Mandioca
Manihot esculenta
Melhoramento genético
Mandioca de mesa
Polpa amarela
Variedades biofortificadas
Genótipo
Características sensoriais
Acre
Amazônia Ocidental
Conteúdo: No Acre, a mandioca é uma das culturas agrícolas mais importantes, sendo principalmente comercializada na forma de farinha. Porém este produto não é competitivo em todos os mercados. As mandiocas de mesa com tubérculos de polpa amarela são bastante apreciadas no mercado local, sendo que esta coloração é correlacionada com a presença de betacaroteno, precursor da vitamina A (MEZETTE, 2007). A intensidade da coloração da polpa dessas raízes é proveniente da biofortificação, resultado do melhoramento genético de plantas que visa agregar valor nutricional aos alimentos. Assim, a comercialização de mandiocas de mesa biofortificadas com alto teor de betacaroteno é uma alternativa importante de mercado, além de disponibilizar um alimento enriquecido nutricionalmente e que já faz parte da dieta da população local. As variedades de mandioca de mesa adequadas ao consumo in natura são aquelas que apresentam boas características sensoriais e melhores padrões de cozimento, o que ocorre nos primeiros meses de colheita (RIMOLDI et al., 2006; OLIVEIRA; MORAIS 2009). Um dos fatores importantes na qualidade culinária de mandioca de mesa é o tempo de cozimento, por estar favoravelmente correlacionado com o padrão de massa cozida (LORENZI, 1994). Oliveira et al. (2005) relatam que o tempo ótimo para cozimento de raízes de mandioca de boa qualidade deve ser inferior a 30 minutos. Outras características importantes para mandiocas de mesa, além do tempo de cozimento, é a textura, a plasticidade e a pegajosidade da massa da raiz (LORENZI 1994). O objetivo desse trabalho foi avaliar variedades de mandioca de mesa biofortificadas quanto ao cozimento e características tecnológicas de raízes colhidas aos seis e oito meses após o plantio.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
25766.pdf230,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace