Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/577730
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Dez-2009
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: OLIVEIRA, P. P. A.
ALVES, A. C.
HERLING, V. R.
LUZ, P. H. C.
ALVES, T. C.
ROCHETTI, R. C.
ALVES, J. P. M.
Informaçães Adicionais: PATRICIA PERONDI ANCHAO OLIVEIRA, CPPSE; ANA CAROLINA ALVES, FZEA/USP, PIRASSUNUNGA, SP.; VALDO RODRIGUES HERLING, FZEA, USP, PIRASSUNUNGA,SP.; PEDRO HENRIQUE CERQUEIRA LUZ, FZEA/USP, PIRASSUNUNGA, SP.; TERESA CRISTINA ALVES, FZEA/USP, PIRASSUNUNGA, SP.; RAMON C. ROCHETTI, UNESP, ILHA SOLTEIRA, SP.; JOÃO PAULO MARIANO ALVES, UNESP, ILHA SOLTEIRA, SP.
Título: Fertilização com uréia em superfície em pastagem irrigada e a volatilização de amônia.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 32., 2009, Fortaleza. O solo e a produção de bioenergia: perspectivas e desafios: anais. Fortaleza: SBCS, 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: PERDAS
NITROGÊNIO
ADUBAÇÃO
Conteúdo: A aplicação de uréia em superfície na pastagem pode ocasionar elevadas perdas de amônia por volatilização e uma das alternativas para minimizar esse efeito é a irrigação ou a precipitação logo após a adubação. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o efeito da aplicação de lâminas de água, após a adubação com uréia (75 kgN/ha) na superfície e a lanço em pastagem de colonião, nas perdas de N por volatilização. Foram realizados três experimentos em três épocas, verão, inverno e primavera. O delineamento experimental foi em faixas, em sistema de aspersão em linha, com cinco repetições. Os tratamentos foram quatro níveis de irrigação após a adubação com uréia, sendo três tratamentos com lâminas de água e um controle (sem irrigação). Um dos tratamentos consistia em elevar a umidade do solo à capacidade de campo e os outros dois eram lâminas de água intermediárias aos do controle e capacidade de campo, havendo variação conforme a estação do ano. No verão, a aplicação de apenas 3,2 mm de água elevou a umidade do solo para 52,4% da capacidade de água disponível e reduziu as perdas de N-NH3 para menos de 3,1 % do N aplicado, enquanto a ausência de irrigação provocou perdas de 30,5%. No inverno e na primavera a volatilização de N-NH3 foi baixa, mesmo na ausência de irrigação após a adubação. Na primavera, a irrigação com 16 mm de água elevou a umidade do solo à capacidade de campo e reduziu as perdas para 1,6 % do N aplicado, enquanto no controle as perdas foram de 5%.
Thesagro: Adubação
Pastagem
Ureia
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PROCIPPAO2009.00245.pdf75,39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace