Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/966522
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Agroindústria de Alimentos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 18-Set-2013
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: ANTONIASSI, R.
ARRIEL, N. H. C.
GONCALVES, E. B.
FREITAS, S. C. de
ZANOTTO, D. L.
BIZZO, H. R.
Informaçães Adicionais: ROSEMAR ANTONIASSI, CTAA; NAIR HELENA CASTRO ARRIEL, CNPA; ELISABETH BORGES GONCALVES, CTAA; SIDINEA CORDEIRO DE FREITAS, CTAA; DIRCEU LUIS ZANOTTO, CNPSA; HUMBERTO RIBEIRO BIZZO, CTAA.
Título: Influência das condições de cultivo na composição da semente e do óleo de gergelim.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: Revista Ceres, Viçosa, MG, v. 60, n. 3, p. 301-310, maio/jun. 2013.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Esteróis
Ácidos graxos.
Conteúdo: Neste trabalho foram avaliadas sementes de 14 genótipos de gergelim, oriundos de ensaios realizados em delineamento ao acaso, com cinco repetições, cultivados em Patos, na Paraíba, e em Barbalha, no Ceará, em ambientes de sequeiro e irrigado, respectivamente. As sementes foram avaliadas quanto à composição centesimal e quanto ao teor de aminoácidos. No óleo, foram determinados o perfil em ácidos graxos e esteróis, além de características do padrão de identidade e qualidade. Foram observadas diferenças significativas (p<0,05) entre os locais para o teor de óleo e de proteína, sendo o teor de óleo superior para Barbalha, onde o cultivo foi irrigado. Houve diferença significativa (p<0,05) entre as médias de Patos e de Barbalha para os ácidos graxos, sendo que os teores de ácidos esteárico (C18:0) e oleico (C18:1) foram maiores para Patos, enquanto o de ácido linoleico (C18:2) foi maior para Barbalha. Quanto aos teores de esteróis, campesterol, estigmasterol e delta 5 avenasterol, foram maiores para o óleo das amostras de Barbalha, enquanto o de sitosterol foi maior para amostras de Patos (p<0,05). Algumas diferenças foram observadas quanto a ácidos graxos, esteróis, densidade, índice de refração e padrão de identidade, para o óleo de gergelim, do Codex Alimentarius (2001), reforçando a necessidade de construir-se uma base de dados nacional, que possa subsidiar futuras alterações neste padrão.
Thesagro: Óleo.
Ano de Publicação: 2013
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CTAA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013066.pdf209,29 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace